Como tratar e impedir o levantamento de grãos

Rachel McPherson

Rachel Macpherson é escritora freelancer, criadora de conteúdo e treinador pessoal certificado.

Atualizado em 26/12/21 21:00
Revisados ​​pela

Briana Bain

Briana Bane, DPT, PT, é fisioterapeuta da Virgini a-beach. Ela trabalha como fisioterapeuta no Adler Therapy Group e instrutora do Bodypump no OneElife Fitness.

Fisioterapeuta
Verificando os fatos
Anna Harris é especialista experiente em verificação de fatos e pesquisas, além de escritor e editor de beleza.

Mulher aplicando giz de um balde nas mãos

Não importa se você os considera um assunto de orgulho ou um problema irritante, os grãos podem ser uma parte inevitável do treinamento. Eles protegem sua pele contra dor e ruptura, adaptand o-se ao atrito e pressão durante as aulas com pesos.

No entanto, se você não tomar medidas, elas podem calar a boca durante alguns movimentos, o que levará a lacunas dolorosas e impedirá que você termine o treinamento. Embora sejam necessários os calos a um grau ou outro ao levantar pesos e devam ser percebidos como uma medida de proteção para a sua pele, existem maneiras de trat á-los e imped i-los de seu treinamento. Conversamos com o dermatologista Karen Campbell, médico de ciências médicas para descobrir suas melhores dicas.

Conhecido com o especialista

Karen Campbell, Doutor em Ciências Médicas, dermatologista de São Francisco.

O que são Corns?

Cormação são áreas de pele mais firmes e mais grossas que a pele circundante. Eles são formados em resposta ao atrito ou pressão sobre a pele, por exemplo, quando o impacto com uma barra. Os calos protegem a pele delicada sob cortes e rupturas.

01 de 08

Verifique se isso é um milho

A primeira coisa que você precisa fazer é garantir que os tubérculos da sua pele sejam realmente calos.”Você deve garantir que o milho não seja uma verruga, causado por um vírus que cai em um corte ou abrasão na pele e causando seu espessamento, semelhante ao milho”, diz Campbell.

Segundo Campbell, se essa é uma verruga, ele precisa ser tratado com crioterapia para um dermatologista ou par a-os produtos de recepção com ácido salicílico.

02 de 08

Crie uma barreira

“Você precisa de uma barreira para evitar atrito ou fricção crônica, por causa da qual a pele tenta se proteger, isto é, espessura, que é um milho – um espessamento da pele”, recomenda Campbell.

Embora o pensamento mais comum seja o uso de luvas, os treinadores não os recomendam. É razoável evitar luvas, pois elas criam uma barreira entre o peso e as mãos, o que leva a problemas com a forma e o escorregamento do peso, o que pode causar acidentes ou lesões perigosas.

Além disso, a formação de calosidades é necessária para proteger a pele de maiores danos. Este é um mecanismo de proteção que ocorre ao levantar objetos pesados.

Em vez disso, Campbell sugere o uso de barreiras, como curativos hidrocolóides, que aderem à pele. Você também pode encontrar sprays e líquidos que fazem quase a mesma coisa.

03 de 08

Use a pegada correta

Você pode limitar o tamanho e os danos do calo segurando a barra pull-up corretamente. Por exemplo, ao segurar uma barra com as palmas das mãos, o que é comum entre atletas, a pele pode enrijecer, aumentando o atrito, o que leva à formação de calosidades.

Em vez disso, segure a barra ao longo da linha dos nós dos dedos, entre a palma e os dedos. Essa transição ajudará a reduzir a quantidade de beliscões e fricção da pele, o que ajudará a prevenir o desenvolvimento de grandes calosidades.

04 de 08

Escolha o equipamento certo

Embora possa parecer contra-intuitivo, escolher uma barra com empunhadura áspera, também chamada de serrilhado, é muito importante para evitar escorregões. A aderência adequada e uma barra serrilhada ajudarão você a evitar o atrito que causa calosidades.

Se estivermos falando de outros equipamentos, opte por halteres com cabo serrilhado ou de borracha. Se você usar um acessório em uma máquina de cabos, evite cabos ou polias desgastados ou danificados e verifique se há rachaduras que possam arranhar ou cortar sua pele.

05 de 08

Fortaleça sua aderência

Se a forma adequada e o serrilhado não estiverem ajudando porque a barra está escorregando, você deve fortalecer sua pegada. Quando sua pegada não é o que deveria ser, a barra pode escorregar, resultando em beliscões que causam calosidades.

Experimente treinar com pesos leves, trabalhando na forma adequada antes de adicionar peso à barra. Você também deve trabalhar para segurar a barra com mais força, em vez de apenas se concentrar nos músculos em atividade. Uma pegada mais firme com mais tensão nos pulsos e nas mãos pode evitar escorregões e atritos.

Outra dica é passar de uma empunhadura dupla para uma empunhadura alternada. Essa pegada é usada para flexões, onde você coloca uma mão em cima da barra e a outra embaixo de você – isso pode evitar alguns escorregões que ocorrem ao levantar pesos pesados.

06 de 08

Esfoliação da pele áspera

“A maioria dos tratamentos se concentra na remoção do excesso de pele. Uma maneira suave de fazer isso é usar hidratantes AHA/BHA, como ácido láctico, e a loção de amlactina pode ser aplicada à noite para esfoliar quimicamente o excesso de pele”, diz Campbell.

Para um tratamento mais agressivo, Campbell sugere o uso de um removedor de verrugas como o Mediplast. Você pode cortá-los no tamanho certo para colocá-los no calo.“Depois do banho, com a pele úmida, pode-se esfoliar mecanicamente com pedra-pomes ou lixa de unha”, recomenda Campbell.

07 de 08

Use giz

O giz para levantamento de peso é outra maneira de evitar escorregões e atritos, embora você deva primeiro abordar outras questões relacionadas ao escorregamento, como aderência e seleção da barra; o giz pode ajudar, especialmente quando as palmas das mãos estão suadas.

Lembre-se de que o giz pode aumentar o ressecamento, o que também pode deixar a pele áspera. Certifique-se de lavar o giz e hidratar as mãos após o uso.

08 de 08

Não se livre deles completamente

Claro, pode ser tentador se livrar completamente dos calosidades em nome de uma pele lisa, mas se você planeja continuar o levantamento de peso, terá que aceitar algum nível de calosidades. Essas áreas ásperas e mais visíveis da pele evitam rasgos e cortes, que podem ser dolorosos e impedir que você termine o treino. Se você tiver calosidades ou lacerações doloridas, evite levantá-las, o que as agrava, até que cicatrizem.

Se você não tiver feridas abertas, poderá trabalhar normalmente. Só tome cuidado ao retirar calos se eles forem grandes ou ficarem presos em materiais ou equipamentos, pois podem causar rasgos, segundo nossos especialistas. Hidrate regularmente a pele e monitore sua condição. Considere os calosidades como uma medalha de honra, uma prova de que você está comprometido com um estilo de vida saudável.

Rate article